Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Os Momentos com Ana

Os Momentos com Ana

23
Ago17

A gosto


Ana Paula

Calor, muito calor!!
O mês de agosto tem estado maravilhoso para quem goza as ditas e tão esperadas férias. Mas para quem não pode estar de férias e pode estar no seu local de trabalho com ar condicionado é uma maravilha também. 
Lá fora não se aguenta, está um bafo terrível. O Sol até queima, os gelados derretem facilmente, as bebidas frias rapidamente aquecem, parece que nada está bem, que nada nos satisfaz. Não nos apetece comer e muito menos fazer. 
O que era de valor e o que apetecia mesmo era não fazer nada, nem nos mexermos, estarmos inertes na beira de uma qualquer piscina, com um chapéu de abas largas, lindo e maravilhoso e uma bebida bem bem fresca e colorida. Isso sim, era de valor. Dolce non fare niente.

Mês de férias por excelência, agosto, é o mês da família, das jantaradas, do experimentar coisas novas,  dos namoros, dos namoricos, do amor, das conquistas, das traições, das declarações, das inovações, dos cocktails,  das paixões, do primeiro beijo ...
Tudo o que o calor nos possa transmitir e nos faça fazer ...

Temos um mês a gosto de todos nós e de acordo com o gosto de todos nós.

Felicidade, alegria, exuberância, bronzeado, engordar uns kilitos,  tudo isto faz parte deste mês. 

Tudo isto pode acontecer num mês que é muito grande, quente e maravilhoso.

Nas redes sociais chovem fotos de sonho para alguns e de inveja para outros, de caras felizes, de corpos esculturais, de praias paradisíacas,  de comida maravilhosa, de invenções de bebidas, de piscinas infinitas que tocam o mar, o céu ou o campo e, este ano o entupimento de fotos com os flamingos, cisnes, pizzas, bolachas, enfim, toda a blogger tinha uma foto com o dito cujo.

"Meu querido mês de agosto", (lá diz a canção) que estás quase a terminar, por estes lados não me importo nada, pois é indício de que retoma a minha vida e a de todos os algarvios. É uma época em que nós não podemos usufruir da nossa natureza convenientemente, não temos a nossa qualidade de vida. Temos filas intermináveis para tudo e mais alguma coisa. Mas o que interessa e que tem valor é que é passageiro, que brevemente poderemos usufruir do Algarve e de toda a sua plenitude.

Boa comida, boas praias, bom tempo, boas esplanadas, boas piscinas, boa fruta, tudo para nós e para alguns que prefiram passar uns dias de maior sossego no nosso Algarve. Sim, porque também temos turismo de inverno e de (ainda) melhor qualidade.


Boas férias a quem (ainda) está de férias.

e Boas férias a quem (ainda) as vai gozar!!!


Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D