Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Os Momentos com Ana

Os Momentos com Ana

05
Jul17

As férias acabaram


Ana Paula

E de novo ao trabalho, com a garra e a força de vontade de quem esteve uns dias a descansar e a usufruir de umas férias rejuvenescedoras.

Férias essas que vou tentar relatar algo experienciado, algo sentido, algo transmitido.
Ficamos  no Hotel Best Sabinal  em Roquetas de Mar, Almeria  num quarto que tinha vista para o mar e para a piscina. Virado para o nascer do Sol, então todas as manhãs acordávamos com um Sol maravilhoso a dar-nos as boas vindas. A encher-nos de alegria e força para saborear todos os momentos que nos eram oferecidos.
A população do Hotel era muito heterogénea e abrangia muitas nacionalidades.
Os clientes do Hotel eram de todo o tipo: havia casais de namorados, casais de recém casados, casais com os filhos, um, dois ou mais; alguns desses casais traziam também os pais ou os sogros, ou ambos; havia também casais que estavam a comemorar 30 anos de matrimónio (era o nosso caso); e até vimos pessoas a passar as férias sozinhas no hotel. 
Quanto às idades também variava entre os 2 meses (que dormia imenso) e muitos anos de vida. 

O pequeno almoço era das 7h até às 10h e estava sempre repleto de coisas boas e menos boas. O restaurante tinha vista para a piscina e para o mar, o que era maravilhoso.
Uma das situações que me causa registo foi quando entrei no restaurante e fiquei estupefacta, pois no primeiro dia vi uma mesa de apoio com garrafas de champanhe colocadas em champanheiras e flûts, pensei que não era o mais adequado para quem tinha acabado de acordar. Qual não foi o meu espanto quando vejo os hospedes ingleses aproximarem-se da dita mesa e encherem os seus flûts com o champanhe que desejavam, quer fosse seco, meio-seco, doce, enfim era só escolher e beber. E não foi só neste dia, mas durante toda a semana que lá estivemos. Isto há gostos para tudo.

Não poderia faltar o típico pequeno almoço inglês, com bacon, ovos estrelado, mexidos, waffles, panquecas, enfim, um cem número de oferta. Havia também verduras cozidas, tábuas de queijos, chouriços, variadíssimos tipos de pão, muitos tipos de leite, chás, sumos, doces, cereais e fruta. Nunca se saía de lá com apetite, mas sim de barriga super cheia. 

Dado que este post já vai longo vou separar as várias etapas do dia noutros tantos posts para não maçar tanto a quem lê.
Pois bem, noutra altura colocarei aqui todos os meus pensamentos e vivência noutras terras deste lindo Mundo.



Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D